Tuga Power

Um forum onde podes falar do que te apetecer sempre que quiseres diverte-te :D
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Kousetsu Hyaku Monogatari

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Fox69
Admin
avatar

Número de Mensagens : 114
Localização : :/
Data de inscrição : 03/02/2009

MensagemAssunto: Kousetsu Hyaku Monogatari   Qua Fev 04, 2009 10:05 am

História:

Encontramos nos no Japão feudal, mais precisamente no período “Bakumatsu”, onde um jovem escritor, Momosuke, anda de terra em terra à procura de material para conseguir realizar o seu sonho, escrever um livro com cem histórias assustadoras sobre criaturas da escuridão. Até que numa das suas viagens se depara com um grupo muito peculiar composto por Mataichi um monge fuda, Chouji um grande matulão com capacidades estranhas e Ogin uma bela mulher com capacidade de controlar pequenos fantoches. Será que . Momosuke conseguirá cumprir o seu sonho ou o seu objectivo será desviado por este bando?


Anime:

Todo o design tem por de trás a mão de Shigeyuki Miya, um nome não muito sonante no panorama de animação japonesa, mas que já teve em suas mãos animes como EX-Driver (OVA) e Buzzer Beater.
A nível de desenho é um anime um pouco impressionante pois consegue juntar estilos totalmente diferentes, os fundos são quase sempre compostos de um traço mais carregado do que as próprias personagens e chegam a ter por vezes formas estranhas, extremamente impossíveis (no caso de algumas habitações), mas este facto faz com que a nossa mente nos transporte um pouco ao folclore mais sombrio de todas as culturas, onde as coisas assustadoras normalmente costumam ser o mais estranhas possível. Esse tipo traço utilizado nos fundos pode nos remeter por vezes ao traço de um pincel gasto cujos pelos já não estão nas melhores condições ou então à talha de uma peça de madeira (como se a imagem antes de ser animada tivesse sido previamente feita num pedaço de madeira).

Outra coisa que não se pode deixar de citar é o facto da repetitiva alusão ao folclore Japonês, que se torna para os amantes de mitologia um aspecto muito interessante, essas alusões são sempre acompanhadas de uma nota explicativa no cimo do ecrã pela maior parte das fansubers.

Quanto ao guião foi escrito por três guionistas, Fujioka Yoshinaga, Takahashi Hiroshi e por fim Murai Sadayuki (conhecido por títulos como STEAMBOY, Cowboy Bebop e Millennium Actress).
Mesmo tendo sido escrito por tal equipa, um dos seus pontos fracos é mesmo a sua história, pois se torna muito superficial. A acção necessitava de mais espaço e o facto de terem optado por episódios simples cada um alusivo a um mito, a uma história não veio a ajudar em nada. Mesmo assim ainda quiseram combater esta falha eliminando o interesse do espectador nos figurantes, que muitas vezes são representados como troncos de madeira com nariz pontiagudo ou mesmo representados enumeras vezes como monstros estranhos.

Quanto a banda sonora não há nada relevante a assinalar todos os sons se encaixam bem no anime, a única coisa fora do comum são o opening e o ending que estão em “engrish”, não são maus de todo mas poderiam ser melhores.


Prós:
-A animação que esta excelente e muito inovadora.
-A alusão histórica a mitos e lendas

Contras:
-A historia, que por vezes é muito superficial
-Personagens, podiam estar mais desenvolvidas

Conclusão:
Este é mais um daqueles animes que nem todos irão gostar, pois nem todos se sentiram atraídos pelo seu aspecto um tanto ou quanto incomum, mas para todos aqueles que estão um pouco fartos de ver animes cheios de “fetiches” sempre com a mesma carinha lavada de certo não quererão perder hundred stories.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tuga-power.livreforum.com
 
Kousetsu Hyaku Monogatari
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Tuga Power :: Anime-
Ir para: